quinta-feira, 27 de julho de 2017

Métodos de Aprendizado

Os métodos de ensino aplicados na escola são quase sempre os mesmos: conteúdo passado na aula, exercícios feitos em sala, alguns passados para serem realizados em casa e na próxima aula corrigidos pelos professores e assim se segue esse circulo vicioso.

Muitas pessoas não sabem, mas cada pessoa tem uma maneira diferente de obter a melhor maneira de conteúdo e absorção do que se é passado durante as aulas. Podemos dividir em 3 categorias: auditivo, visual e cinestésico.

Cada pessoa tem uma dessas funções mais desenvolvidas, com o aprendizado e descobrimento de cada uma, o aprender fica mais fácil e até mais prazeroso.

Se você é uma pessoa auditiva, você provavelmente tem mais facilidade para aprender ouvindo alguém te explicar o conteúdo. Você se apega a sons e até consegue lembrar a frase exata que foi dita em relação a determinado assunto. Você consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo, e muitas vezes é considerado um bom ouvinte. Se você for uma pessoa auditiva, opte por meios que favoreçam isso, como gravar as aulas e ouvir depois, escutar podcasts ou até mesmo rádio.

Se você for uma pessoa visual, tem muita facilidade de guardar o conteúdo por meio do que viu no quadro ou imagens ilustradas em livros, por exemplo. É caracterizada por conseguir lembrar muito bem de pequenos detalhes, nada lhe passa despercebido. Se você é uma pessoa visual, opte por meios que usem sua visão, como relações com desenhos ou por meio de flechas e linhas.

E por fim, cinestésico. Uma pessoa cinestésica é lembrada por ter manias físicas e manuais. Você aprende melhor quando relaciona os sentidos com aquela mania chata de encostar, cheirar e até comer. Considerada a mente mais inquieta, use como meio de estudos métodos que você pode fazer, como relações desde o início, se conseguir faça relações que você use desenhos feitos por você, coisas que possam ser construídas pelo princípio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário