quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Alguns sintomas da perimenopausa e cuidados!


Os sintomas da perimenopausa, como depressão e ganho de peso, são frequentemente confundidos com os efeitos naturais do envelhecimento, mas há muito o que fazer para ajudar a controlá-los.
Uma nova pesquisa mostrou que comer uma porção diária de peixes oleosos como salmão, cavala e sardinha pode ajudar a retardar a menopausa por três anos. No entanto, uma dieta rica em massa poderia de fato acelerar o início, além do uso de suplemento natural como o Max Amora.
Uma porção de macarrão refinado e arroz por dia foi associada a antecipar a menopausa por volta de 18 meses antes. O peixe oleoso foi o alimento mais associado a um início tardio da menopausa. 
Além disso, uma dieta rica em leguminosas frescas também estava ligada a uma menopausa posterior. O estudo também descobriu que uma maior ingestão de zinco e vitaminas B6 também parece retardar o início dessa fase.

Do humor ao ganho de peso, muitas vezes os sintomas que muitas mulheres atribuem ao envelhecimento são, na verdade, a perimenopausa; isto é, os anos que antecederam a menopausa, que tende a começar cerca de dez anos antes da menopausa, por volta dos 43 - 45 anos.
Mas algumas mulheres apenas "passam por ela" enquanto outras sofrem e lutam. Parte disso se deve aos nossos genes, mas outros fatores também entram em ação, como o que comemos e bebemos, e nossos hábitos saudáveis ​​(ou não saudáveis) que afetam nossos níveis hormonais ... e estão sob nosso controle.
Embora todos falemos sobre a menopausa, nem todos estão familiarizados com o termo.
Na verdade, a própria menopausa ocorre quando os períodos menstruais da mulher param por completo; ou, mais precisamente, quando ela passou 12 meses consecutivos sem ter um período. 
A perimenopausa é o tempo que leva a isso - também conhecido como a "transição da menopausa". É o momento em que as alterações hormonais começam a ocorrer e os sintomas aparecem com frequência. A perimenopausa pode começar vários anos antes da menopausa.
Um dos primeiros sinais da perimenopausa pode ser alterações no seu ciclo menstrual - os períodos podem se tornar menos regulares, ou mais pesados ​​ou leves. Sintomas posteriores podem incluir:
  • ·         Ondas de calor;
  • ·         Suor noturno;
  • ·         Fadiga;
  • ·         Humor baixo;
  • ·         Baixa libido;
  • ·         Ganho de peso;
  • ·         Secura vaginal;
  • ·         Problemas de sono (que podem ou não ser devido a suores noturnos);
  • ·         Aumento do risco de infecções do trato urinário ou infecções vaginais;
  • ·         A perda óssea pode começar a ocorrer.
  •  


Sintomas simples da menopausa que você não percebeu!


A maioria das mulheres nos Estados Unidos atingiu a menopausa por volta dos 51 anos. Um número menor pode alcançá-la aos 40 ou até os 50 anos. Se você está em seus 40 anos, talvez você esteja começando a esquecer onde você deixou as chaves e seu rosto ficando vermelho beterraba sem motivo aparente. 
Ou talvez você seja mantida acordada à noite por insônia implacável ou ondas de calor. Menopausa, aqui vamos nós. Podemos explodir em lágrimas e culpar os hormônios, ou podemos estar preparados conhecendo os sinais e sintomas da menopausa e como lidar melhor com eles. (Ou, um pouco de ambos.)
Aqui estão os sintomas mais comuns da menopausa e nossas soluções para ajudá-lo a tratá-los. Conhecimento é poder, e quando você está armado com essas dicas, torna a menopausa um pouco mais fácil.

A perda de cabelo é um dos sintomas mais comuns da menopausa, sendo que é causada pela deficiência de estrogênio, porque os folículos capilares precisam de estrogênio para sustentar o crescimento do cabelo. 
A perda de cabelo pode ser repentina ou gradual, ou você pode notar que seu cabelo fica seco, mais fino e mais quebradiço. E o que se nota também é o cabelo grisalho. 
A fadiga é um dos sintomas mais comuns da menopausa e é frequentemente descrita com palavras como: fraqueza, estar se arrastando e baixa energia que te deixa muito mais sonolenta do que o comum. 
Você também pode perceber que a sua atenção não é mais o que costumava ser (a falta de concentração pode ser um sintoma). Você não ficará surpresa ao ouvir que a fadiga também é causada por quedas nos níveis de estrogênio e pode ter um grande impacto em sua vida; você pode não ser mais uma deusa da produtividade.
Por isso é sempre importante cuidar do seu corpo e procurar um especialista no assunto.