segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Posso trabalhar como contador(a) sem a carteira do CRC?

Assim como acontece com os graduados no curso de Direito, que precisam enfrentar a prova da OAB para exercer legalmente a profissão, os graduados no curso de Ciências Contábeis também devem se submeter a um exame específico para “validação” da profissão.

exame de suficiência

Realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC e conhecido como Exame de Suficiência, o exame nada mais é do que uma prova que visa avaliar os conhecimentos e habilidades dos profissionais que pretendem ingressar no mercado de trabalho exercendo a função de Contador.

Desta forma, desde o ano 2000, quando aconteceu a primeira edição do exame, fica sendo considerado ilegal o exercício da profissão por aqueles que não possuem o registro junto ao Conselho Regional de Contabilidade - CRC.

E para que você possa compreender a seriedade do assunto, separamos abaixo o trecho da lei em que fica destacada a obrigatoriedade da avaliação:

De acordo com o artigo nº 12 do decreto-lei nº 9295, de 27 de maio de 1946, com redação dada pela lei nº 12.249, de 2010:

Art. 12.  Os profissionais a que se refere este Decreto-Lei somente poderão exercer a profissão após a regular conclusão do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, reconhecido pelo Ministério da Educação, aprovação em Exame de Suficiência e registro no Conselho Regional de Contabilidade a que estiverem sujeitos.  

§ 1o O exercício da profissão, sem o registro a que alude este artigo, será considerado como infração do presente Decreto-lei.

Sobre o Exame de Suficiência


Realizada em duas edições anuais, a prova do CRC é composta por 50 questões, com valor de um ponto cada, que avaliam os conhecimentos adquiridos durante o período de graduação.

Nela são cobrados os conteúdos das disciplinas de Contabilidade Geral, Contabilidade de Custos, Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Contabilidade Gerencial, Controladoria, Noções de Direito e Legislação Aplicada, Matemática Financeira e Estatística, Teoria da Contabilidade, Legislação e Ética Profissional, Princípios de Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade, Auditoria Contábil, Perícia Contábil e Língua Portuguesa Aplicada.

Para conquistar a aprovação, é necessário acertar metade da prova, ou seja, somando 25 pontos.

Preparação para a prova


Na fase de preparação para a prova é importante contar com o apoio de profissionais qualificados e experientes no assunto.  A ideia é relembrar os conteúdos aprendidos em sala de aula.

Uma boa pedida antes de iniciar seus estudos é optar por um preparatório  cfc/crc que faça uma revisão completa dos assuntos a serem cobrados de cada disciplina e traga de forma exemplificada as aplicações práticas das teorias.

É importante ainda, durante todo o período de preparação, ter a disposição as questões de provas anteriores aplicadas pelo CFC. Desta forma, por meio da resolução de questões, você pode testar suas habilidade e conhecimentos, identificando suas dificuldades.

Enfim, ao contrário do que muita gente pensa, o Exame de Suficiência não é um bicho de sete cabeças. Basta apenas um pouco de preparo e dedicação para que você conquiste a aprovação e esteja a um passo de exercer a sua profissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário