quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Entenda os preços caros dos carros no Brasil e as taxas altas de impostos para tê-los

Há muito tempo o Brasil nos leva bastante vantagem no preço dos automóveis em relação a a importação da América Latina, não só no preço dos 0 km, mas também no lucro que percebem as automotivos. E isso ajuda a entender porque o país traciona tanto, e pode escolher o que consome e o que exporta e participar dos desenvolvimentos. Tornou-Se uma das meninas mimadas das automotivos.

Na verdade é justamente a quantidade excessiva de carros no Brasil que levou ao aumento de algumas taxas, inclusive aqueles impostos corriqueiros como o IPVA (Imposto sob Propriedade de Veículo Automotor) e a taxa de licenciamento. No site do Detran RJ e no Detran SP, respectivamente, são incidentes as maiores alíquotas – e é também onde se mais tem veículos registrados.

 

O excesso de veículos no Brasil


Para se ter uma noção o Brasil é o 5º produtor mundial e 4º mercado em vendas, o Brasil é um dos mercados que mais divisas traz para as marcas. Conforme se deprende do expressado por colegas brasileiros, o lucro das empresas triplica a média de outros países.

Cledorvino Belini, presidente da Anfavea brasileira, disse que:

"se bem que a produção aumentou nos últimos anos, a diversificação por maior quantidade de empresas fez mais fortemente, com o qual, persiste o grande problema da escala da nossa economia”

O estudo da Morgan Stanley mostra que, apesar de a carga tributária aumentou ligeiramente para alguns tipos de veículos, a carga total brasileira teve de subir muito maiores.

Nos modelos –tão de moda - aventureiros, o ganho é maior. Enquanto a VW Crossfox ou Fiat Palio Adventure tem um custo de fabricação de 5 a 7% maior do que as versões "normais", o ganho que reporta é de 10 a 15% maior.

Os empresários do setor, apontam para o "Custo Brasil", ao salário de seus executivos e funcionários, além de um custo de vida maior.

No entanto, o estudo mostra que não está clara a causa dos preços altos em modelos que são vendidos no país vizinho.

Como mostra a foto do portal brasileiro, enquanto o Toyota Corolla custa R$ 75,000 no Brasil, só chega aos R$ 46,000 na Argentina e R$ 32,800 nos Estados Unidos.

Não estão claras as razões, mas o concreto é que o Brasil conta com os carros mais caros do mundo.

Os 10 carros mais baratos do Brasil e o valor, 3 são da Fiat


Há alguns dias, nós discutimos os dados do mercado português, a escala do Ford Focus se tornou o modelo mais vendido durante o ano de 2008. Hoje vamos dar uma olhada em um mercado distante, mas que encontraremos muitos "velhos conhecidos". 

O tamanho do mercado é impressionante: em primeiro lugar encontramos o Volkswagen Gol, o Golfe para a américa do Sul, com 295.945 unidades vendidas. Ou seja, mais de cinco vezes mais que o Focus em Portugal.

Também é certo que, em Portugal, o mercado está muito mais competitivo, já que o segundo lugar no Brasil tem quase 100.000 unidades de diferença. Continuamos com a lista:

Fiat Palio


O Fiat Palio fica atrás do Golf, como opção mais acessível, e com um ar aparentemente mais esportivos.

Fiat Uno



Em terceiro lugar, encontramos o primeiro velho amigo: o Fiat Uno, que, com a frente apenas difere do modelo vendido em Portugal na última década. Seu design não é muito atual, nem mesmo para o Brasil, mas parece que seu preço o torna atraente.

Chevrolet Corsa


Em quarto lugar, encontramos um modelo um tanto doloroso para a nossa vista. Trata-Se do Chevrolet Corsa, o frontal do Opel Corsa de segunda geração com o lançamento do passat semelhante ao Opel Kadett.

Chevrolet Celta


O quinto posto é para o Chevrolet Celta, um Opel Astra da geração anterior, com um restyle que adota um estilo mais Chevrolet.

Fiat Siena

O sexto lugar é também para a Fiat, neste caso, o Fiat Siena, um sedã de linhas modernas, que seria o equivalente ao nosso Fiat Linea.

Volskwagen Fox


O Volkswagen Fox, na sétima posição, é o primeiro modelo da lista que também é vendido em nosso mercado, um serviço público mais pequeno do que o Polo.

Honda Civic


O oitavo lugar é para o Honda Civic, na sua versão "americana", com o lançamento do passat. Na Espanha, o Civic só está disponível nesta carroçaria na versão híbrida: Honda Civic IMA.

Ford Ka



No posto nove encontramos o Ford Ka, uma evolução do primeiro Ford Ka europeu dos anos 90.

Ford Fiesta



E para completar a lista, o Ford Fiesta, que tem pouco a ver com a nossa Festa. Trata-Se de um Ford C-Max (anteriormente conhecido como Focus C-Max) com uma frente diferente, com uma grade semelhante à da geração anterior do Ford Mondeo.

Uma característica dos modelos vendidos no Brasil é que quase todos têm uma versão multicombustível, isto é, que pode funcionar de forma intercambiável com gasolina ou bicombustível. A utilização do álcool é lá muito popular, já que é mais económica do que a gasolina.